Futebol

Também quero dizer umas coisas sobre o Cristiano Ronaldo

Autor
  • Francisco Guimarães
238

Nos momentos de tensão, assume-se sempre como o primeiro. Fá-lo com altivez e com um olhar de quem sabe que vai triunfar e, mesmo que tal não aconteça, o rumo de volta às vitórias já está preparado.

Já muito se escreveu sobre o CR7, muito bem e muito mal. Escrever sobre Cristiano Ronaldo é arriscado, mas arrisco porque acredito que apesar de tudo o seu legado justifica um enunciado de pontos que vale a pena sublinhar.

Superação: o Professor Catedrático Manuel Sérgio define a ciência da motricidade humana como “o movimento intencional da transcendência”. Desde muito cedo que Cristiano Ronaldo quer ser o melhor, dia após dia. É um jogador talhado para superar todas as metas do futebol mundial e direciona a sua carreira para que isso aconteça. Muda de contexto, sai da sua zona de conforto, e continua a demonstrar todo o seu valor. Mas que valor tem essa superação se for apenas um fim em si mesmo?

Desejo: “Tenho fome de mais”, dizia Tiago Bettencourt numa das suas músicas. Aqui não se trata somente de ser o melhor, há uma procura pelo crescimento em relação ao dia anterior, tal como uma criança que já não se contenta com os presentes que ainda ontem tinha recebido. No ser criança está um caminho de volta ao centro, um regresso à origem daquilo que verdadeiramente ele é. Já conquistou o mundo do futebol e deseja ainda mais, mais e mais! Mas de onde brota este desejo?

Derrota: “Em Portugal faz-se muito o luto da derrota”, diz Bruno Lage, treinador do Benfica. Estou totalmente de acordo. A derrota tem de fazer parte de um jogo em que se pode ganhar ou perder. Não é positivo ser derrotado, mas é fundamental que se esteja preparado para tal. É por essa razão que perder não pode ser o fim do mundo! O Cristiano está de tal modo preparado para tal que ultrapassa essa questão constantemente! A derrota também cai sobre ele, mas com muito menos frequência, pela forma como ele lida com ela. “Por mais duro o serviço que a terra peça da gente, eu não sei por que feitiço, temos sempre novo alento”. Que feitiço é este de que o Miguel Araújo nos fala?

Liderança: Confiança. Esta é uma palavra crucial para se poder ter impacto nos outros. Através de exemplos, Cristiano Ronaldo demonstra ser um excelente condutor de homens. Nos momentos de tensão, assume-se sempre como o primeiro. Fá-lo com altivez e com um olhar de quem sabe que vai triunfar e, mesmo que tal não aconteça, o rumo de volta às vitórias já está preparado. A forma como caminha, a forma como se comporta e a forma como demonstra que a sua fragilidade o faz crescer, tem um impacto contagiante nos seus colegas. Não tenho dúvidas de que muitos deles sentem que tê-lo perto deles lhes dá alento para serem melhores. Que exemplo é este que faz de ponte entre nós e os outros?

Trabalho: com Cristiano aprendemos a dar valor e sentido ao labor. A rotina é-nos útil, a forma como ele se empenha desafia a nossa própria vida, e a alegria como ele encara o dia-a-dia serve de lição para cada um de nós. Desde muito jovem que se dedica à sua profissão como pouca gente.  Como é que o empenho pode ser tão fecundo? Para que serve então o trabalho?

Beleza: tudo o que Cristiano Ronaldo faz em campo tem um valor estético. A corrida, o remate ou o cabeceamento almejam algo mais. Tudo tem uma razão, uma meta, e uma beleza que nos eleva o espírito. É o corpo em sintonia com um coração que deseja mais, que deseja transformar o ordinário em extraordinário. Corre para chegar a algum lado, salta para atingir o cume e cabeceia para ser veículo de qualquer coisa. O que desperta em nós esta beleza?

Liberdade: é certo que nascemos com certas aptidões. É também seguro que elas não se desenvolvem sozinhas e de forma isolada. A nossa adesão à responsabilidade do talento é fundamental para correspondermos àquilo que foi desejado para nós. O Cristiano entrega-se com tudo o que tem, com tudo o que lhe foi dado e só por isso é capaz de ser tudo o que é. É um ato de verdadeira coragem. Que liberdade é esta que tem origem num despojamento?

A vida e o trabalho de Cristiano Ronaldo despertam-me estas perguntas. Não sei o suficiente para encontrar respostas para todas elas, mas não posso deixar de sentir de que há mais qualquer coisa… as vitórias não são suficientes para o alimentar…

Existe, com certeza, uma origem por detrás de tudo o que ele faz.

Uma busca por algo maior… O que será?

Treinador de futebol

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)