Coreia do Norte

Coreia do Norte testou novo motor terrestre para mísseis. E Kim Jong-un fartou-se de rir

117

Kim Jong-un esteve este sábado presente nos testes em terra de um novo motor para mísseis. O líder da Coreia do Norte afirmou que será "uma nova era" para a tecnologia do país. E fartou-se de rir.

KCNA/EPA

Autor
  • Miguel Videira Rodrigues

O líder norte coreano, Kim Jong-un, supervisionou no sábado um teste em terra de um motor para mísseis. Após confirmar a sua eficácia, o líder terá afirmado que este teste abre “uma nova era” na tecnologia do país”, segundo os media norte coreanos.

Kim Jong-un visitou a base de Sohae (a noroeste) para supervisionar os testes e analisar o rendimento da mais recente tecnologia desenvolvida pela Academia Nacional da Ciência da Defesa, segundo a KCNA. O líder da Coreia do Norte disse que o sucesso comprovado do teste “marca um evento significante na história”, declarando tratar-se de “uma nova era para a indústria Juché de mísseis”. A KCNA destacava ainda que estes avanços levam a uma maior independência por parte da Coreia do Norte.

O líder norte coreano referiu ainda que o mundo “vai contemplar, em breve, o significado da vitória conseguida hoje”.

Segundo fotografias dos ensaios, por cada míssil lançado o líder da Coreia do Norte parece ficar extremamente contente e todo ele são sorrisos.

Os últimos lançamentos de mísseis tinham sido realizado no passado dia 6 de março quando o exército norte coreano disparou quatro mísseis de alcance médio em água japonesas.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Estados Unidos da América

Carta da América

João Carlos Espada

Na América, está em curso um vigoroso renascimento conservador-liberal. Conseguirá a vaga conservadora em gestação na Europa acompanhar a linguagem liberal e anti-estatista da sua congénere americana?

Catalunha

A Catalunha e nós

Manuel Villaverde Cabral

Devido à política obtusa de Rajoy, uma boa parte dos catalães pretende mais do que equidade fiscal, como o governo aparentemente lhe propõe agora em troca do cancelamento do pseudo-referendo.

Autárquicas 2017

Falar de André Ventura

Alexandre Homem Cristo

Ventura está a ser sobrevalorizado – enquanto candidato e, mais ainda, enquanto intérprete de novos rumos para a direita. Um erro que, perante a tentação de leituras nacionais, será importante evitar.

Estados Unidos da América

Carta da América

João Carlos Espada

Na América, está em curso um vigoroso renascimento conservador-liberal. Conseguirá a vaga conservadora em gestação na Europa acompanhar a linguagem liberal e anti-estatista da sua congénere americana?

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site