Logo Observador
Apps

Fica o animal, muda a cor: os 50 desafios fofinhos da Baleia Rosa

679

Depois da Baleia Azul chega a Baleia Rosa. Em resposta ao "jogo suicida", brasileiros criam nova aplicação com 50 desafios para elevar autoestima.

Os participantes podem receber desafios através do Twitter, do Facebook ou da aplicação oficial da Baleia Rosa

O “jogo” Baleia Azul está a deixar as autoridades e pais de vários cantos do mundo em estado de alerta. Os desafios propostos têm um objetivo final que é o suicídio e vários têm sido os casos relatados. A fim de combater este fenómeno, um grupo de brasileiros criou uma aplicação chamada Baleia Rosa que desafia os utilizadores a realizarem boas ações. O objetivo é elevar a autoestima dos mais novos e tentar mostrar que a internet também serve para praticar o bem.

Em parceria com o Centro de Valorização da Vida – associação sem fins lucrativos de apoio emocional e prevenção do suicídio -, a Baleia Rosa consiste em 50 desafios para os utilizadores realizarem (um por dia) mas com objetivos mais benéficos para a saúde e bem estar de todos do que a Azul, como pode verificar no exemplo abaixo (em fotogaleria).

Os participantes podem receber desafios através do Twitter, do Facebook ou da aplicação oficial da Baleia Rosa.

A Baleia Azul teve início, ao que tudo indica, na Rússia e começou a espalhar-se um pouco por todo o mundo. São propostos 50 desafios aos mais jovens – desde automutilação a tirar fotografias a assistir a um filme de terror – sendo que o último deles é cometer o suicídio. No Brasil as autoridades começaram a investigar o caso devido à adesão por parte de vários jovens e agora, em Portugal, também já, pelo menos, dois jovens participaram no desafio.

A história, os casos e os alertas do jogo “Baleia Azul” em nove pontos

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mrodrigues@observador.pt