Irão

António Guterres lamenta mortes nas manifestações no Irão

252

O secretário-geral das Nações Unidas lamentou os mortos nas manifestações em várias cidades do Irão. Em seis dias, já morreram 21 pessoas.

ROBIN UTRECH/EPA

O secretário-geral da ONU, António Guterres, “lamentou os mortos” registados no Irão e pediu que “os direitos de manifestação e de expressão do povo iraniano sejam respeitados”, declarou esta terça-feira um porta-voz.

Farhan Aziz Haq, que falava na habitual sessão diária com a imprensa, disse que “o secretário-geral segue com atenção as informações sobre as manifestações em várias cidades no Irão”.

“Lamentamos as mortes e esperamos que a violência futura seja evitada”, acrescentou o porta-voz em resposta à questão sobre qual a posição de António Guterres relativamente às manifestações no Irão e a repressão que se seguiu.

O guia supremo iraniano, ayatollah Ali Khamenei, acusou esta terça-feira os “inimigos do Irão” de ingerência nos assuntos do país.

Em resultado das manifestações que desde há seis dias ocorrem em várias cidades do Irão, e da resposta musculada das autoridades, já foram registadas 21 vítimas mortais.

As manifestações iniciaram-se no dia 28 de dezembro em Machhad, nordeste do país, em protesto contra as dificuldades económicas e o regime, e propagaram-se rapidamente a outras zonas do país.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Debate

Desimportantizar os caraoqueiros

Paulo Tunhas

O pensamento-karaoke funciona como obstáculo a que se procure entender o que se passa à nossa volta. Os caraoqueiros estão-se, de resto, nas tintas. Só querem caraocar mais alto do que os outros.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site