Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

42 dias, incluindo escalas. Tempo de mar 24 dias. Ricardo Diniz partiu de Lisboa a 27 de Abril e chegou a Salvador dia 8 de Junho à noite (já era dia 9 em Portugal).

“Sofri muito”. Ao largo de Cabo Verde viveu o pior momento. Perdeu a balsa salva-vidas. Mas decidiu continuar.

No barco, baptizado Fly Tap (a TAP foi o principal patrocinador), veio ele, uma gata chamada Vitória, uma garrafa feita na Marinha Grande com milhares de mensagens escritas em papel de cortiça e uma bandeira de Portugal que fez a viagem no mastro e que agora serão entregues, bandeira e garrafa, em mão, à selecção nacional.

Dois dias depois de ter chegado a Salvador, a primeira capital do Brasil, depois de ter descansado alguma coisa, Ricardo Diniz convidou alguns jornalistas para perceberem o que foram os últimos minutos da viagem de 42 dias. O Observador subiu a bordo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR