O piloto português Miguel Oliveira vai disputar o Campeonato do Mundo de velocidade de Moto3 de 2015 pela Red Bull KTM Ajo, a equipa do atual líder do campeonato, o australiano Jack Miller.

Aos 19 anos, o atual nono classificado do Mundial, com 84 pontos, menos 111 do que Miller, em 13 das 18 provas, vai conhecer a sua quarta equipa na categoria, depois de ter sido 14.º em 2011, pela CatalunyaCaixa Repsol, oitavo em 2012, pela Estrella Galicia, e sexto em 2013, na Mahindra, a sua atual equipa.

“Estou muito contente por poder entrar e fazer parte de um grupo tao profissional como a Red Bull KTM Ajo e creio que me vai permitir lutar pelas primeiras posições na próxima temporada. No passado, Aki Ajo já tinha demonstrado o seu interesse em trabalharmos juntos, mas nunca tínhamos chegado a concretizar um acordo. Estou muito satisfeito por poder integrar esta estrutura”, afirmou Miguel Oliveira, em declarações ao sítio oficial da equipa na Internet.

O “manager” da equipa, Aki Ajo, também assumiu a sua satisfação com a contratação de Miguel Oliveira, que classificou como “um dos grandes talentos” da categoria.

“Apesar de ser muito jovem, já tem muita experiência, tanto em 125cc como ao mais alto nível da Moto3. Assim como fizemos nos últimos anos com a Red Bull, a KTM e os restantes patrocinadores, vamos trabalhar para manter o mesmo nível e obter os melhores resultados possíveis: Com o Miguel temos potencial para o fazer”, frisou Aki Ajo.

A Red Bull KTM Ajo é uma equipa liderada pelo antigo piloto finlandês Aki Ajo, pela qual o atual campeão de MotoGP, o espanhol Marc Marquez, ganhou em 2010 o seu primeiro Campeonato do Mundo na então categoria 125cc. De lá para cá, a equipa também ganhou em 2012, com o alemão Sandro Cortese, e lidera o atual campeonato Moto3, com o australiano Jack Miller.