Nesta sua visita de quase 24 horas ao Luxemburgo, Passos Coelho tem uma agenda preenchida, destacando-se reuniões com o seu homólogo luxemburguês, Xavier Bettel – com quem rumará na quinta-feira para Bruxelas -, um encontro com a comunidade portuguesa, na embaixada de Portugal no Luxemburgo, e, já na quinta-feira de manhã, assistirá a uma aula do curso integrado de português.

A visita ao Luxemburgo, onde residem cerca de 110 mil portugueses, que representam um quinto da população do país, surge na sequência de um convite de Xavier Bettel, por ocasião da visita do primeiro-ministro luxemburguês, em março passado, a Portugal, numa das suas primeiras visitas oficiais após tomar posse.

A visita arranca hoje com um encontro bilateral entre Passos Coelho e Bettel, que deverá centrar-se essencialmente nas relações bilaterais, assim como nos grandes dossiers de atualidade política europeia e internacional.

Este encontro será seguido de um almoço de trabalho alargado, no qual participarão também o vice-primeiro-ministro e ministro da Economia, Étienne Schneider, o ministro da Justiça, Félix Braz (um luso-descendente), o ministro das Finanças, Pierre Gramegna, e o ministro da Educação e do Ensino Superior, Claude Meisch.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Depois de ser recebido também pelo Grão-duque de Luxemburgo, e de se deslocar à Câmara dos Deputados, Passos Coelho participará então, ao final da tarde, numa receção à comunidade portuguesa, na embaixada de Portugal.

Na quinta-feira de manhã, antes de rumar a Bruxelas para participar, até sexta, numa cimeira de chefes de Estado e de Governo da União Europeia e numa reunião da zona euro, o primeiro-ministro português assistirá a uma aula do curso integrado de português numa escola básica em Esch-sur-Alzette.