Paris, a eterna cidade da luz, está recheada de monumentos emblemáticos, coleções de arte únicas e atrações turísticas imperdíveis. Uma visita a Paris é sempre inesquecível, mas pode ser difícil escolher o que visitar. Nós ajudamos.

PARIS - JUNE 10: General view of Paris at dusk with the Eiffel Tower and the Hotel des Invalides prominent on June 10, 2008 in Paris, France. (Photo by Mike Hewitt/Getty Images)

Mike Hewitt/Getty Images

PARIS - SEPTEMBER 12: Atmosphere following the prayer vigil at the cathedral Notre Dame organized in honor of the Pope Benedict XVI visit to France on September 12, 2008 in Paris, France. The four day trip by the Pope to Paris and Lourdes is seen as an attempt to reinvigorate Catholicism in France. (Photo by Julien Hekimian/Getty Images)

Julien Hekimian/Getty Images

Photo taken by night on February 14, 2014 shows a view of the Notre-Dame-de-Lorette church (bottom) and the Basilica of the Sacre Coeur in Paris. AFP PHOTO / LUDOVIC MARIN (Photo credit should read LUDOVIC MARIN/AFP/Getty Images)

LUDOVIC MARIN/AFP/Getty Images

Paris tem alguns dos monumentos mais conhecidos do mundo e há lugares que são simplesmente imperdíveis. Um deles é a Torre Eiffel. Inaugurada em 1889 para a Exposição Universal, a torre concebida por Gustave Eiffel é o edifício mais alto de Paris e o monumento pago mais visitado do mundo. Com mais de 300 metros de altura, a torre oferece uma vista privilegiada da cidade.

Na zona da Île-de-France, existem algumas das mais bonitas igrejas e catedrais do país. Uma delas é, claro, Notre-Dame. Imortalizada no romance Notre-Dame de Paris de Victor Hugo, em filmes e séries, a catedral parisiense é uma das mais conhecidas do mundo. Localizada perto do rio Sena, na chamada I’lle de la Cité, Notre-Dame continua a deslumbrar turistas vindos de todos os cantos do mundo. Aproveite a visita para subir a uma das torres góticas e apreciar a vista sobre a cidade, ou para visitar as catacumbas subterrâneas e descobrir uma parte da história da cidade.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Perto de Notre-Dame, na margem oposta do rio, existe aquela que é provavelmente a livraria mais conhecida de Paris – a Shakespeare and Company. A pequena livraria inglesa é de passagem obrigatória para todos os amantes de literatura.

Uma visita a Paris não está completa sem um passeio ao longo dos Campos Elísios e uma passagem pelo Arco do Triunfo. Ao longo da grande avenida pode encontrar cafés, restaurantes e as mais diversas lojas de roupa, desde a Louis Vitton à Levis. No que diz respeito às compras, não deixe de passar também pelas luxuosas galerias Lafayette. Localizadas na Boulevard Haussman, as galerias recebem por ano mais de 25 milhões de visitantes. Porquê? Porque todas as grandes marcas de luxo têm uma loja nas Lafayette. Mas quer queira ir às compras ou não, as galerias são realmente lindíssimas e valem uma visita.

A cerca de 17 quilómetros de Paris fica a cidade de Versailles e um dos mais famosos monumentos franceses — o Palácio de Versailles, que serviu de morada ao último rei francês, Luís XIV, e à sua mulher, Maria Antonieta. Também perto de Paris, fica a catedral de Saint Denis, uma das mais importantes catedrais góticas francesas. Outrora um importante centro cultural, durante a Idade Média albergou a maior biblioteca francesa.

PARIS - JUNE 09: The Arc de Triomphe on June 9, 2008 in Paris, France. (Photo by Mike Hewitt/Getty Images)

Mike Hewitt/Getty Images

PARIS - JUNE 09: The Louvre Museum on June 9, 2008 in Paris, France. (Photo by Mike Hewitt/Getty Images)

Mike Hewitt/Getty Images

Versailles, FRANCE: TO GO WITH AFP STORY IN FRENCH BY FABIENNE FAUR : "LA GALERIE DES GLACES A VERSAILLES A RETROUVE SON ECLAT" View taken 22 June 2007 shows the "Hall of Mirrors" at Versailles castle, west of Paris, painted by French artist Charles Le Brun (1619-1690) following its complete 12 million euros renovation provided by the French construction and services giant Vinci. More than 300 years after its completion in 1684, the newly-revamped jewel in the crown of the Chateau de Versailles will be unveiled to the public, 25 June after four years of labour by a squad of architects, art historians, carpenters and, above all, specialist arts craftsmen. AFP PHOTO THOMAS COEX (Photo credit should read THOMAS COEX/AFP/Getty Images)

THOMAS COEX/AFP/Getty Images

A cidade de Paris está repleta de museus e pode ser difícil decidir o que visitar. Para além do Louvre, um dos maiores museus do mundo, é ainda de destacar o Museu d’Orsay, dedicado à pintura impressionista e pós-impressionista, principalmente francesa. Construído na antiga estação ferroviária de Orsay, o museu tem algumas das mais importantes peças impressionistas, como é o caso da estátua da “Pequena Bailarina” de Edgar Degas. As coleções de Vincent van Gogh e de Henri de Toulouse-Lautrec são igualmente impressionantes. Se prefere arte moderna, o Centro Pompidou é o lugar certo para si. Considerado um dos mais importantes museus de arte moderna e contemporânea, o Pompidou reúne quadros de pintores como Picasso, Miró ou Andy Warhol. Porém, entrar num museu em Paris pode ser uma verdadeira dor de cabeça. As filas parecem intermináveis e por isso é aconselhável reservar ou comprar o bilhete com antecedência.

Mas as melhores atrações não estão apenas no centro da cidade. Um passeio pelos bairros típicos de Paris pode ser igualmente interessante. Um dos bairros parisienses mais emblemáticos é, sem dúvida, Montmartre. Para além do Moulin Rouge e de lojas de souvenirs que vendem moinhos em miniatura, Montmartre tem ainda uma das mais bonitas igrejas de Paris — a Basílica de Sacre-Coeur.