O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI 20, encerrou a sessão de sexta-feira, a primeira de 2014, com uma subida de 1,17% para 4.855,04 pontos, com a Impresa a liderar os ganhos e a valorizar-se 9,64%. Das 18 cotadas que atualmente integram o PSI 20, 14 terminaram a sessão no verde, uma (NOS) ficou inalterada (5,236 euros) e três desceram.

As maiores subidas foram da Impresa que ganhou 9,64% para 0,864 euros, do BCP que avançou 7% para 0,0703 euros e da Teixeira Duarte que subiu 5,77% para 0,752 euros. O Banif ganhou 5,26% (0,006 euros), a Mota Engil 3,8% (2,762 euros), a Altri 2,5% (2,545 euros), a EDP Renováveis 2,24% (5,525 euros) e o BPI 2,05% (1,047 euros).

Com ganhos inferiores a 2% ficaram a EDP (3,264 euros), os CTT (8,101 euros), a Semapa 10,115 euros), a Sonae (1,033 euros), a Galp (8,5 euros) e a REN (2,413 euros). A Jerónimo Martins foi a que mais desceu (-1,14% para 8,24 euros), seguida da PT (-0,93% para 0,856 euros) e da Portucel (0,81% para 3,06 euros).

No resto da Europa, Frankfurt (-0,42%), Paris (-0,48%) e Londres (-0,28%) recuaram, enquanto Madrid encerrou a ganhar (0,69%).