O euro atingiu em Tóquio mínimos de 11 anos face ao dólar, após ter sido conhecido que o partido anti-austeridade Syriza obteve uma vitória clara nas eleições gerais na Grécia.

Pelas 08h50 de Tóquio (23h50 de domingo, hora de Lisboa), a moeda única fixou-se pontualmente nos 1,1098 dólares, o valor mais baixo desde setembro de 2003.

A baixa do euro, moeda partilhada por 19 países da União Europeia, incluindo a Grécia, é atribuída pela agência France Presse ao crescimento dos riscos de incerteza económica na Europa após a vitória do Syriza nas eleições gregas.

O Syriza, partido anti-austeridade de esquerda, obteve uma clara vitória nas eleições gerais de domingo na Grécia com 35,9% dos votos, quando estão contados 50% dos boletins.

O resultado não lhe garante maioria absoluta (151 de 300 deputados) e vai possivelmente obrigar a negociações para uma coligação parlamentar.

A Nova Democracia (direita), do primeiro-ministro Antonis Samaras, obteve 28,3% e o terceiro partido mais votado foi o neonazi Aurora Dourada, com 6,4%.