Membros do grupo extremista Boko Haram sequestraram um autocarro no norte dos Camarões e raptaram 20 pessoas, refere a agência noticiosa France-Presse. O incidente aconteceu no domingo e os sobreviventes já foram libertados.

O autocarro, que viajava em direção a Mora, foi sequestrado pelo grupo nigeriano perto da cidade de Koza, a 18 quilómetros da fronteira com a Nigéria. Vinte pessoas foram raptadas e 12 delas foram mortas. De acordo com a BBC, algumas fontes referem que o número de sequestrados é superior a 30.

Esta já não é a primeira vez que membros do Boko Haram realizam um ataque fora da fronteira nigeriana. O grupo tem começado a alargar a sua área de ataque a países vizinhos, como os Camarões e o Níger. Já na Nigéria, os sucessivos ataques do grupo islâmico levaram a um adiantamento das eleições presidenciais e legislativas, marcadas inicialmente para dia 14 de fevereiro. Devido à falta de segurança que se sente no país, a votação foi remarcada para 28 de março.