“Foste para a farra ontem à noite? Estás com uma cara…”, é provavelmente a coisa mais irritante que nos podem dizer, especialmente se nos deitámos cedo e se passámos, de manhã, meia hora em frente ao espelho a tentar fazer uma maquilhagem perfeita. Onde é que está o problema? Com os quilos de informação que existe — os concealers certos, pós VS cremes, os primers, os bronzes, como aplicar base –, é provável que as dicas mais importantes fiquem perdidas pelo caminho e que esteja a cometer alguns erros sem sequer se aperceber. E não pense que só as novatas é que metem os pés pelas mãos. Se faz um sono de beleza completo e, mesmo assim, as suas colegas acham que teve insónias, pode ser que a sua velhinha rotina de beleza a esteja a impedir de estar no seu melhor.

Erro # 1: Não começar a sua rotina com hidratante

Grande parte das dicas que nos dão não menciona sequer este passo. Mas uma pele seca não vai ajudar a ter uma maquilhagem impecável porque nada do que colocar vai ter bom aspecto. Para quem (ainda) não tem hábitos de tratamento matinais, com cremes, séruns ou óleos, usar um hidratante (com proteção solar) é o primeiro grande passo de uma rotina. Não só hidrata e deixa a pele preparada para receber a maquilhagem, como protege-a das agressões externas.

Erro # 2: Usar demasiada base

É um erro geral acreditar-se que a base esconde tudo. E toca de aplicar camadas e camadas e camadas. Errado. A não ser que precise de esconder alguma mancha, não há necessidade de aplicar, no dia-a-dia, a base no rosto todo literalmente como uma máscara. Usar demasiada base deixa-nos com tão mau aspecto como não usar nenhuma — o que vai acontecer é que, ao endurecer, a base vai rachar e fazer com que as rugas e as imperfeições se destaquem ainda mais. Assim, escolha uma base adequada ao seu tipo de pele, concentre-se nas zonas problemáticas do rosto, como a zona-T (testa, nariz e queixo), e deixe o resto da pele fresca.

Erro # 3: Não usar ou abusar do blush

Se tem por hábito ignorar o blush, eis o problema: falta de cor é a mesma coisa que ter pele opaca e sem vida. Se não gosta de bronzes durante o dia, use apenas um pouco de blush em tons pêssego para dar luz ao rosto. Comece sobre as maçãs do rosto e aplique em direção à linha do cabelo. Por outro lado, para quem abusa do blush, os bronzes pesados envelhecem e deixam o rosto com aparência cansada. Dica: os pós tendem a durar mais tempo mas os blushes em creme criam mais naturalidade. Tenha também em conta o seu tipo de pele: os pós acentuam ainda mais as rugas e os cremes não funcionam em peles oleosas.

NEW YORK, NY - FEBRUARY 12:  A model gets makeup applied backstage at the Sass & Bide fashion show during Mercedes-Benz Fashion Week Fall 2014 at The Waterfront on February 12, 2014 in New York City.  (Photo by Mireya Acierto/Getty Images)

Blush: comece pelas maçãs do rosto e aplique em direção à linha do cabelo. © Mireya Acierto/Getty Images

Erro # 4: Usar tons errados de corretor ou concealer

Muitas mulheres, com olheiras pesadas, tendem a usar corretores demasiado claros com o objetivo de anular o tom arroxeado. Parece fazer sentido, não é? A verdade é que ainda vai chamar mais atenção para o que se tenta esconder – os olhos vão ficar com um aspecto pastoso e ainda mais cansado. O corretor deve ter exatamente o mesmo tom da base. E ambos devem corresponder ao nosso tom natural de pele. Dica: quem tem olheiras muito marcadas deve escolher corretores com mais pigmento, exatamente para não se aplicar camadas múltiplas e criar o efeito pastoso.

Erro # 5: Exagerar no eyeliner ou nas sombras escuras

Quanto mais eyeliner ou sombras se usar, durante o dia, mais pequenos e mais cansados os olhos vão parecer. E, se estiver realmente cansada, linhas escuras e pesadas só vão acentuar ainda mais o efeito de olhos injetados de sangue. É por isso que os cat eyes são visuais perfeitos para sair à noite e não tanto para trabalhar. Opte por delinear os olhos com lápis ou sombras de cores mais claras (castanhos, beiges ou cinzentos, por exemplo) para abrir o olhar. Nas pálpebras inferiores pode usar lápis branco ou pêssego – vai criar um olhar mais brilhante e revigorado.

Erro # 6: Espalhar o pó de bronze pelo rosto todo

Muitas mulheres acreditam que um rosto bronzeado é sinónimo de um rosto saudável. Mas se quiser simular que passou a semana inteira na praia, use um auto-bronzeador e não um pó de bronze. Rostos cor de laranja e pescoços brancos são dos efeitos visuais que mais envelhecem uma mulher. O pó de bronze é para ser aplicado de forma suave: levemente na ponta do nariz, nas maçãs de rosto, queixo e testa, para simular um ar bronzeado, saudável e bonito.