O treinador do FC Porto, Julen Lopetegui, desmentiu Pep Guardiola, que considerou que Jackson Martinez jogou infiltrado no jogo do Dragão com o Bayern Munique da Liga dos Campeões de futebol.

“Não, simplesmente, não. Jamais. Jamais aconselharia um jogador a infiltrar-se para jogar, pondo em risco o seu corpo. Jamais. E não tenho mais nada a dizer sobre isso”, vincou o técnico espanhol, na resposta à afirmação do seu compatriota do Bayern Munique.

Horas antes, Guardiola foi perentório: “Depois de quatro ou cinco semanas de preparação, Jackson Martinez infiltrou-se e fez um esforço sobre-humano para poder jogar. E sabemos que isso poderia acontecer.”

Questionado depois por um jornalista português, o treinador do clube bávaro assumiu não ter a “certeza absoluta” da veracidade do que dissera.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Ele fez tudo para poder jogar. Os jogadores podem infiltrar-se para poder jogar, não ter dores. Faz parte da nossa profissão. Eu não disse o contrário nem que não se pode fazê-lo. Não tenho a certeza absoluta, mas parece que ele se infiltrou para poder jogar. Algo que valorizo muito”, sublinhou.

O FC Porto defronta, pelas 19:45 de terça-feira, o Bayern Munique, na Alienz Arena, em Munique, em jogo da segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, que será arbitrado pelo inglês Martin Atkinson, depois de um triunfo `azul e branco´ na primeira mão por 3-1.