O tribunal de Chaves absolveu o jovem de 17 anos acusado de abusar sexualmente de dois menores numa instituição e extinguiu a medida de coação de prisão preventiva a que estava sujeito o arguido, determinando a sua imediata libertação.

O jovem, que foi acusado pelo Ministério Público de ter abusado sexualmente de dois menores numa instituição de acolhimento em Chaves, no distrito de Vila Real, começou a ser julgado no dia 24 de abril, à porta fechada.

Tinha sido detido em junho de 2014 e, desde então, que estava a cumprir prisão preventiva numa escola prisão de Leiria.