Incêndios

Operacionais a combater fogo em Viana do Castelo sobe para 201

O número de operacionais a combater o incêndio que lavra desde sexta-feira no concelho de Viana do Castelo aumentou ao fim da manhã para 201, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

O incêndio em povoamento florestal está ativo desde as 16h53 de sexta-feira, no local de Geraz do Lima, em Viana do Castelo, e tinha, às 13h45, uma frente ativa

José Carlos Marques

O número de operacionais a combater o incêndio que lavra desde sexta-feira no concelho de Viana do Castelo aumentou ao fim da manhã deste domingo para 201, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC). Segundo a última atualização feita pela ANPC, os 201 operacionais estão a ser apoiados por 70 viaturas e três meios aéreos, dos quais dois são aviões médios e um helicóptero pesado.

O incêndio em povoamento florestal está ativo desde as 16h53 de sexta-feira, no local de Geraz do Lima, em Viana do Castelo, e tinha, às 13h45, uma frente ativa, adianta a ANPC.

De acordo com a Proteção Civil, no combate ao incêndio estão grupos de reforço de Braga, Porto, Aveiro e Coimbra, além de equipas da Força Especial de Bombeiros.

No total, a ANPC registava, às 13h45, cinco incêndios em curso, que mobilizam um total de 281 operacionais, 83 viaturas e seis meios aéreos. Segundo a ANPC, 59 incêndios florestais deflagraram desde as 00h00 deste domingo.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Winston Churchill

A arrogância da ignorância /premium

João Carlos Espada

Como devemos interpretar que um dirigente do segundo maior partido britânico venha dizer em público que o líder do mundo livre durante a II Guerra, Winston Churchill, foi um “vilão”?

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)