As autoridades da Eslovénia suspenderam esta sexta-feira as ligações ferroviárias com a Croácia para se prepararem para o fluxo de refugiados provenientes de Zagreb. A suspensão surge após a decisão da Hungria de encerrar a fronteira, anunciaram os serviços ferroviários.

“Devido a circunstâncias excecionais, o tráfego de passageiros entre a Croácia e a Eslovénia foi suspenso”, refere na sua página na Internet a empresa responsável pelos caminhos-de-ferros do país.

A empresa refere que a decisão foi tomada em “coordenação com o Governo”.

A suspensão dos comboios vai ser acompanhada pelo estabelecimento de transportes especiais para transportar refugiados provenientes da Croácia, que decidiu reencaminhar o fluxo migratória para a Eslovénia, depois de a Hungria anunciar o encerramento da fronteira.

Após a decisão da Hungria, o Governo croata anunciou a criação, em coordenação com a Eslovénia, de um corredor para fazer os refugiados chegarem à Europa Ocidental.

A Eslovénia suspendeu pela primeira vez em setembro as ligações ferroviárias com a Croácia devido ao primeiro fluxo de refugiados.