Faltam exatamente 39 dias para o Natal. Em cima da mesa não faltarão as iguarias deliciosas. Seja o bacalhau, o peru ou o cabrito, as rabanadas, os sonhos ou o bolo-rei, para além de mais uma quantidade de doces impossíveis de afastar da mesa de Natal. Tudo vai estar preparado, mas o seu estômago será o último a saber. E se começasse a preparar o seu corpo para a época natalícia? Se não quer privar-se de nada e ainda assim minimizar os danos dos excessos que aí vêm para o organismo, então comece já a preocupar-se. O El País reuniu algumas dicas, para que tome atenção a algumas orientações nutricionais importantes e a alguns exercícios que irão ajudar o corpo a lidar melhor com o impacto dos excessos.

Comer várias vezes ao dia

Não comer é a última coisa que deve fazer. A nutricionista e presidente da Associação de Nutricionistas e Dietistas de Madrid, Maria Marta Suarez, explica que as horas de jejum irão ativar o mecanismo de economia de energia, que é na verdade um mecanismo de defesa do nosso corpo. “Quando não se come o nosso metabolismo fica mais lento e o gasto calórico é também mais baixo”, disse. Comer quatro ou cinco vezes ao dia terá o efeito contrário, já que o metabolismo acelera e o gasto de energia é maior. Deve procurar lanches leves, mas nutritivos. Acompanhar um iogurte com um punhado de frutos secos, como amêndoas ou nozes, pode ser uma boa solução. Procure alimentos naturais e afaste-se dos alimentos processados. No Natal terá certamente oportunidade para comer aquele bolo ou biscoito que tanto lhe apetece.

Fórmula mágica: água, legumes e fruta

Purificar e desintoxicar o corpo. É esse o objetivo. Já deve ter ouvido dizer que o ideal é beber entre 1,5 a 2 litros de água por dia, por isso, tente. A água irá purificar o sangue e garantir um bom funcionamento do sistema renal, responsável por filtrar tudo aquilo que não é útil para o organismo. Incluir a fruta e legumes nas refeições diárias também pode ajudar. O intestino vai receber a dose de fibra necessária para depurar todos os resíduos que não são bons para o corpo.

Não esquecer o exercício físico

Uma das formas mais eficazes de acelerar o metabolismo de forma eficaz e permanente é procurar realizar exercícios que exercitem os músculos, de que é exemplo o levantamento de pesos. É importante ganhar massa muscular, já que para além de aumentar o metabolismo ela também permitirá queimar mais calorias, até em repouso. Objetivo? Tirar o lugar à gordura. O leque de exercício físico que pode fazer é muito vasto, pelo que deve escolher aquele que mais se adapte à sua rotina. Se não consegue praticar séries de exercícios rápidos que intervalam agachamentos intensos, saltos ou flexões, então procure, por exemplo, caminhar a um bom ritmo entre 30 a 40 minutos por dia. Os seus músculos saem mais fortes e a sua mente, também.

Dormir mal não vai ajudar

Sim, dormir é mesmo importante. Se dormir mal vai ter vontade de agarrar ao primeiro pacote de batatas fritas que lhe aparecer à frente. Quando o organismo não consegue alcançar o repouso e descanso suficientes, o metabolismo fica mais lento e a sensação de fome aumenta. Lembre-se que o importante é seguir uma dieta alimentar saudável que permita, depois, cometer um excesso, como por exemplo no Natal, sem prejuízo para o organismo.

Consumir café e chá (moderadamente)

Chegou a altura do ano em que o frio anda à solta e as bebidas quentes são reconfortantes. O café e o chá são reis nesta época do ano e pode bebê-los, em conta, peso e medida, desde que não adicione açúcar ou leite. Estes alimentos, por si só, não têm calorias, pelo que ingeri-los pode ser benéfico para estimular o metabolismo e manter o corpo hidratado.

Estas dicas não são novas, contudo, é importante que sejam trabalhadas ao longo do ano. Elas são a porta de entrada para um estilo de vida mais saudável. Deve procurar comer bem, exercitar-se e deixar os excessos para a época deles. Não pense que é tarde para começar. Qualquer dia é bom para começar a preocupar-se mais com o que come, mas sobretudo preocupar-se com o seu bem-estar. A mente e o corpo agradecem. Não perca tempo e vá introduzindo estas sugestões gradualmente, talvez assim no Natal já nem lhe apeteça devorar tudo aquilo que vai ter à frente.