Foram precisas 4.200 horas e 720 mil cliques para que Alan McFadyen conseguisse a fotografia perfeita de um guarda-rios. O problema não estava na câmara. E muito menos modelo: o guarda-rios é um pequeno pássaro muito colorido que faz as delícias dos fotógrafos de natureza como McFadyen. Mas é também muito rápido.

perfect photo

Alan McFadyen lembra-se de pescar com o avô e ficar abismado com o voo do guarda-rios. Imagem: Alan McFadyen.

O objetivo deste fotógrafo escocês era captar o momento em que o guarda-rios entrava com o bico dentro de um rio, num voo vertical e sem causar agitação da água. Seis anos de trabalho depois, McFayden conseguiu o ângulo perfeito: “A fotografia que eu procurava do voo perfeito, extremamente direito, sem splashes, exigia-me não só estar no sítio certo e fazer o clique de sorte, mas também ao pássaro que fosse perfeito”, explicou o artista ao Bored Panda.

Houve até sessões em que Alan McFadyen tirou 600 fotografias sem que nenhuma se aproximasse sequer do que procurava. “Nunca parei para pensar sobre quanto tempo estava a demorar enquanto eu apreciava o trabalho, mas agora que olho para trás estou muito orgulhoso da imagem e do trabalho que fiz”, admite.

Correção: fotógrafo de natureza