Um incêndio causou a morte a seis crianças e ferimentos graves a duas outras na província do Moxico, no leste de Angola, quando um gerador de energia pegou fogo dentro da residência em que se encontravam.

Segundo um dos familiares das vítimas, o sinistro teve lugar no domingo, quando as crianças com idades entre os dez e 12 anos se encontravam na residência para o ato de circuncisão.

Pedro Pitra Alberto, citado pela agência noticiosa angolana, Angop, disse que cinco das oito crianças morreram no local, tendo a sexta vítima falecido no banco de urgências do Hospital Geral do Moxico.

Os feridos encontram-se fora de perigo de vida, segundo garantiu o medido de serviço, André Mukissi.

Os serviços de proteção civil e bombeiros de Angola têm manifestado preocupação com o elevado número de incêndios e de mortes registados este ano no país, a maior parte deles provocados por negligência.

Recentemente, o comandante do Serviço de Proteção Civil e Bombeiros, António Gimbi, referiu que “a falta de cuidados, principalmente no manuseio das fontes luminosas” tem sido a grande causa de incêndios, registados geralmente nas comunidades.