Mao Tsé-Tung liderou os destinos da China até à sua morte em 1976. A sua governação ficou marcada pela acusação na responsabilidade da morte de dezenas de milhões de cidadãos chineses, durante a Revolução Cultural, tornando-o num dos ditadores que marcaram a história. No entanto, Mao continua a ter direito aos mais imponentes monumentos de homenagem.

Agora foi construída uma gigantesca estátua dourada com 36 metros de altura em Tongxu na província chinesa de Henan, que terá um custo a rondar os 420 mil euros. A iniciativa partiu de habitantes e empresários da região.

estátua Mao tsé-tung

Imaginechina/Rex/Shutterstock

Ironicamente, calcula-se que a província de Henan, que é ainda uma das regiões mais pobres do mundo, terá sido uma das áreas mais violentamente atingidas pela fome com a perda de, alegadamente, 45 milhões de vidas.

Este enorme monumento começou a ser construído no mês de março do ano passado tendo sido concluído em meados de dezembro. As fotografias da estátua rapidamente se espalharam por toda a China e, posteriormente, por todo o mundo.

estátua Mao Tsé-Tung China

As imagens falam por si (Imaginechina/Rex/Shutterstock)