Rio Ave e Belenenses empataram esta quarta-feira 1-1, em partida da segunda jornada do grupo D da Taça da Liga de futebol, num resultado que permite aos vila-condenses manterem a possibilidade de seguirem para as meias-finais da competição.

Após uma igualdade sem golos ao intervalo, os golos surgiram na etapa complementar, com Krovinovic, aos 57 minutos, a adiantar os vila-condenses, tendo Tiago Silva, aos 78, restabelecido a igualdade.

Para manterem essas ambições na prova, os vila-condenses terão de vencer na última jornada, em casa, o Sporting de Braga, numa partida em que os minhotos apenas precisam do empate para se apurarem, enquanto para o Belenenses foi o ‘fim da linha’ na competição.

Talvez tolhidos pelo frio, os jogadores de ambas as equipas demoraram a entrar verdadeiramente em jogo, protagonizando 20 minutos iniciais de inconsequentes batalhas no meio-campo, que afastaram a bola das duas balizas.

O pontapé na apatia foi dado por Betinho, que, depois de combinar com Juanto – um dos reforços estreados na formação de Belém a par de Bakic -, atirou um pouco por cima da baliza dos locais.

O lance teve o dom de fazer despertar a formação vila-condense, que também começou a se acercar mais vezes da baliza contrária, mas a partida não melhorou muito.

Percebendo a necessidade de mudar algo, os dois técnicos fizeram alterações ao intervalo, com Júlio Velásquez a lançar Miguel Rosa e Pedro Martins a apostar em Yazalde e Kayémbe.

Os resultados da alteração foram mais proveitosos para os nortenhos, uma vez que antes da hora de jogo, Kayémbe desmarcou Krovinovic, que, com um remate cruzado, inaugurou o marcador.

O lance motivou os donos do terreno, que conseguiram aumentar o ritmo de jogo na busca de um segundo golo, embora com carências no último passe.

Disso se aproveitou o Belenenses, que, dada a ineficácia do adversário, aproveitou um momento de inspiração de Tiago Silva para, num remate de longe, restabelecer o empate, que acaba por se ajustar.

Jogo no Estádio do Rio Ave FC, em Vila do Conde.

Rio Ave – Belenenses, 1-1.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

1-0, Krovinovic, 57 minutos.

1-1, Tiago Silva, 78.

Equipas:

  • Rio Ave: Rui Vieira, Pedrinho, Nélson Monte, André Vilas Boas, Tiago André, Wakaso, João Novais, Zé Paulo (Kayembé, 46), Krovinovic, Guedes (Bressan, 85) e Kizito (Yazalde, 46).

(Suplentes: Cássio, Bressan, Lionn, Roderick, Jaime Pinto, Kayembé e Yazalde).

Treinador: Pedro Martins.

  • Belenenses: Ricardo Ribeiro, Tiago Almeida, Gonçalo Silva, Rafael Amorim, Fábio Nunes, Ricardo Dias, Bakic (André Sousa, 67), Tiago Silva, Juanto, Sturgeon (Miguel Rosa, 46) e Betinho.

(Suplentes: Filipe Mendes, Miguel Rosa, André Sousa, Geraldes, Filipe Ferreira e Gonçalo Brandão).

Treinador: Júlio Velásquez.

Árbitro: Artur Soares Dias (Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Ricardo Dias (28 e 83), Rafael Amorim (65), André Vilas Boas (73) e Wakaso (78 e 81). Cartão vermelho por acumulação para Wakaso (81) e Ricardo Dias (83).

Assistência: 1.613 espetadores.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR