André Carrillo, extremo peruano do Sporting, está a caminho do Atlético de Madrid, afirma a TVI, que garante que a transferência “está fechada”. Segundo a estação, falta apenas saber em que condições é que o futebolista se juntará ao Atlético, já que os colchoneros estão impedidos pela FIFA de contratar jogadores no mercado de inverno e o contrato do jogador com o Sporting termina no final da temporada.

A imprensa espanhola tem dado conta de que a contratação do jogador estará apenas presa pelos exames médicos. Segundo o Sapo Desporto, o jogador terá mesmo sido visto numa clínica espanhola onde habitualmente se fazem os exames médicos aos reforços do clube espanhol.

Na noite de terça-feira, o treinador do Atlético, Diego Simeone, foi questionado sobre a contratação de André Carrillo e afirmou que “nos mercados há sempre movimentações”.

O extremo dos leões tem sido apontado a várias equipas. Os últimos rumores apontavam para o interesse do Sevilla (que estaria disposto a pagar aos leões pela transferência e incluir ainda o passe do defesa-lateral português Diogo Figueiras) e do Benfica: isto porque o jogador e o presidente dos encarnados, Luís Filipe Vieira, terão sido visto no mesmo local e à mesma hora.

André Carrillo encontra-se sob a alçada disciplinar do Sporting, que lhe instaurou um processo disciplinar após o jogador ter-se recusado a renovar pelo clube. No comunicado em que anunciava a decisão, o clube de Alvalade afirmava que tinha direito a agir perante os trabalhadores que “ajam de má fé com a entidade patronal , lhe sejam desleais e a lesem patrimonialmente em montantes muito elevados de forma deliberada”. O Sporting acusava ainda Carrillo de ter “uma postura negocial reiterada de má fé”.