O cineasta australiano George Miller, realizador da saga Mad Max, vai presidir o júri do 69.º Festival Internacional de Cinema de Cannes, em maio, anunciou esta terça-feira a organização do certame francês. Miller, de 70 anos, que será o primeiro australiano a presidir a competição, sucede aos realizadores norte-americanos Joel e Ethan Coen.

No ano passado, o seu filme Mad Max: Estrada da Fúria — que tem dez nomeações para os óscares, incluindo melhor filme e melhor realização — foi projetado fora de competição, no Festival de Cannes. “É uma honra e um prazer enorme estar no coração deste festival cheio de história, que tem desvendado jóias do cinema mundial”, disse o realizador, citado pela organização do Festival de Cannes, que irá decorrer de 11 a 22 de maio deste ano.

George Miller também assinou a comédia As Bruxas de Eastwick (1987), Babe 2 (1998) e os filmes de animação Happy Feet, que venceu o Óscar do melhor filme de animação de 2007, e Happy Feet 2 (2011).