A Comissão Europeia vai tomar, esta terça-feira, decisões sobre os procedimentos por desequilíbrios macroeconómicos que tem em curso relativamente a vários Estados-membros, incluindo Portugal, numa reunião do colégio agendada para Estrasburgo. As decisões serão anunciadas pelo vice-presidente da Comissão Europeia responsável pelo Euro, Valdis Dombrovskis, ao final da tarde, após a reunião do colégio.

A 26 de novembro de 2015, no arranque de um novo ciclo do semestre europeu de coordenação de políticas económicas, o relatório do Mecanismo de Alerta de 2016, documento elaborado pela Comissão Europeia como ponto de partida do ciclo de procedimentos relativos a desequilíbrios macroeconómicos, identificou Portugal como um dos 18 Estados-membros a necessitar de uma “análise aprofundada”.

A Comissão já anunciou que a partir deste ano passará a haver apenas quatro categorias de desequilíbrios macroeconómicos (antes os Estados-membros eram divididos em seis categorias): nenhuns desequilíbrios, desequilíbrios, desequilíbrios excessivos e desequilíbrios excessivos com ação corretiva.