Já imaginou se os rótulos da comida que compramos incluíssem a informação de quanto tempo de exercício é preciso para queimar aqueles excessos? Esta é uma proposta que está a ser debatida no Reino Unido, conta a BBC. A solução pode passar por um simples ícone que indica quanto tempo é preciso andar ou correr para gastar as calorias que se acabou de ingerir.

É certo que as embalagens já trazem a informação nutricional do produto, mas aqueles números apresentados como “kcal” dizem muito pouco à maioria da população. Esta medida permitiria aumentar a consciência do que se está a consumir.

Assim, ao lado da tabela que mostra que aquele produto tem, por exemplo, 300 kcal, um pequeno ícone mostraria que é necessário andar durante 50 minutos ou correr durante 30 para reverter os seus efeitos nefastos.

infografia_calorias2

Esta ideia não tem como propósito criar uma sociedade obcecada com o consumo de calorias, mas sim consumidores mais conscientes. A medida pode ainda incentivar um reajuste entre a dieta que se consome e a quantidade de exercício físico.

As calorias são essenciais para o normal funcionamento do corpo humano, no entanto, as mulheres não devem consumir muito mais que 2.000 calorias por dia, enquanto para os homens esse valor é de 2.500. Quando se excede esta dose sem se fazer exercício físico para compensar, o peso aumenta.