Terceira Idade

Ainda há uma mulher no mundo nascida antes de 1900. E é italiana

391

Emma Morano, a italiana de 116 anos, é agora a mulher mais velha do mundo. A longevidade de Morano e da sua família já está a ser estudada na Universidade de Harvard.

Emma Morano nasceu a 29 de novembro de 1899, em Itália

AFP/Getty Images

A italiana Emma Morano nasceu a 29 de novembro de 1899, o que faz com que seja a mulher mais velha do mundo e a única pessoa viva que nasceu antes de 1900.

Emma era conhecida como a “avó da Europa”, mas depois da morte de Susannah Mushatt, a 13 de maio, tornou-se na “avó do mundo”, afirma o El País.

A decana vive sozinha em Verbania, no norte de Itália, com visitas diárias da família e de enfermeiros. Como vive no segundo andar e não tem elevador, Emma nunca sai do seu apartamento.

A Universidade de Harvard já está a tentar perceber a razão da sua longevidade e a da sua família, já que a irmã viveu até aos 107 anos e a mãe até aos 91.

Emma testemunhou duas guerras mundiais, viu o surgimento dos primeiros aviões no céu e conheceu dez papas diferentes.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)