O ataque com armas automáticas num mercado em Telavive causou pelo menos quatro mortos e cinco feridos, quatro deles em estado muito grave, segundo um novo balanço da polícia israelita. O balanço inicial indicava três mortos e cinco feridos, mas uma das vítimas que foi transportada para o hospital não aguentou os ferimentos e acabou por morrer.

Segundo a polícia, um dos atacantes foi abatido e foi transportado para o hospital em estado grave e um outro suspeito foi detido.

O mercado em Telavive situa-se defronte do Ministério da Defesa e do Estado-Maior do Exército israelita. É uma zona de lazer com vários restaurantes, lojas e cafés onde se reúnem muitos locais e turistas.

A polícia admite que poderá tratar-se de um “ato terrorista”, mas ainda ninguém ou qualquer organização reivindicou o ataque, levado a cabo com armas automáticas. As autoridades evacuaram a área e procuram explosivos.