Goran Zivanovic morreu afogado num acidente num lago na Sérvia. O antigo guarda-redes do Nacional da Madeira e do União da Madeira tinha 55 anos de idade.

O sérvio esteve durante vários anos em Portugal, onde representou o União da Madeira, de 1991 a 1996, e o Nacional, de 1996 a 2003. Terminou a carreira de jogador e tornou-se treinador de guarda-redes no Nacional até 2006, tendo ainda passado pela Académica, Panathinaikos, Rapid de Bucareste e a seleção da Arábia Saudita, como treinador adjunto de José Peseiro.

“O CD Nacional lamenta informar o falecimento de Goran Zivanovic, que esteve ao serviço deste clube entre 1996 e 2006, primeiro como guarda-redes, depois como treinador de guarda-redes. Nascido a 18/08/1960, Zivanovic foi um profissional exemplar e um homem de grande estatura moral e humana, tendo falecido ontem, aos 55 anos. À família, o CD Nacional apresenta sentidas condolências”, lê-se no comunicado feito no site oficial do Nacional.