Dark Mode 165kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Lisboa vai ter mais de três mil novos lugares de estacionamento até ao fim de 2017

É um plano que está a começar a ser posto em prática agora e que vai alterar a capacidade de estacionamento na capital. O objetivo é dar mais lugares aos residentes.

i

LUSA

LUSA

A cidade de Lisboa vai ter mais de três mil novos lugares de estacionamento até ao fim do próximo ano. A Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (EMEL) está a trabalhar num plano de expansão dos parques que vai aumentar a capacidade de estacionamento no centro da capital, mas que vai igualmente levar à criação de centenas de lugares nas freguesias periféricas.

O plano, ao qual o Observador teve acesso, vai começar a ser posto em prática progressivamente. Já para este mês estão previstos trabalhos em alguns dos cerca de vinte novos parques que a EMEL e a câmara municipal querem deixar prontos ao longo de 2017.

No mapa abaixo pode ver os parques previstos e o número de novos lugares de estacionamento. Passe o cursor por cima de cada botão para ver a informação.

Uma das apostas do plano passa pela criação dos chamados parques dissuasores nas zonas mais periféricas da cidade. Com isto, a autarquia e a EMEL querem desincentivar os condutores de trazer o automóvel para o centro da cidade e incentivá-los a utilizar os transportes públicos. Na Ameixoeira, por exemplo, vai ser criado um parque com 530 lugares de estacionamento. E junto às estações de metro do Campo Grande e do Colégio Militar está a ser estudada a implementação de dois outros parques, com 200 lugares cada um.

Além disso, a EMEL quer também aumentar a capacidade de estacionamento para os residentes da cidade, criando tarifas mais convidativas do que em parques explorados por privados. Ainda esta quarta-feira, na Graça, 127 novos lugares passaram a estar disponíveis por 30 euros por mês. É este o nível de preços que a autarquia e a empresa querem aplicar nos parques a ser criados, mas a política de dísticos para estacionamento na rua não deverá mudar.

Em setembro, também na Graça, vão surgir mais 120 lugares de estacionamento. E, ainda sem data certa, está prevista a criação de um parque de 1500 lugares na Pontinha, junto à futura Feira Popular.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.