O ciclista português Rui Costa (Lampre-Merida) foi este domingo segundo classificado na nona etapa da 103.ª Volta a França, ganha pelo holandês Tom Dumoulin (Giant-Alpecin), com Chris Froome (Sky) a segurar a amarela.

Depois de integrar a fuga de 20 homens que se formou nos 184,5 quilómetros entre Vielha val d’Aran (Espanha) e Andorra Arcalis, Costa não conseguiu responder ao ataque de Dumoulin, sendo segundo na meta, a 38 segundos do holandês, que completou a tirada a 05:16.24 horas.

Chris Froome, que chegou a 06.35 minutos do ciclista da Giant-Alpecin, vai enfrentar de ‘amarelo’ o primeiro dia de descanso, com a caravana a voltar à estrada na terça-feira, para a 10.ª etapa, uma ligação de Escaldes-Engordany e Revel, no total de 197 quilómetros.