Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O Capitão América até lhe dava com o escudo na tola, assim se resume o que o Governo escreveu esta segunda-feira na sua conta oficial no Twitter. Sim, foi mesmo a conta da “República Portuguesa”. Não, foi um engano e o post não vincula António Costa à mensagem. Tratou-se de um tweet sobre um estudo relativo à influência do género na escolha de brinquedos pelas crianças, que motivou uma reação insólita por parte de alguém que gere a conta oficial do Governo no Twitter. A conta “República Portuguesa” entrou esta segunda-feira numa discussão sobre o tema — a preferência de brinquedos por parte de meninos ou meninas –, neste caso sobre o uso de um frisbee, com o seguinte comentário: “A minha [filha] faria dele o escudo do Cap. América e certamente o faria voar para a tola de q lhe dizia que era um prato”. Uma fonte oficial do Governo disse ao Observador que não fazia comentários sobre o assunto.

O que provavelmente aconteceu, apurou o Observador, foi um erro: o utilizador desta rede social que trabalha para o Governo ter-se-á enganado e, em vez de publicar o comentário através da sua conta pessoal, escreveu-o e publicou-o na conta “República Portuguesa”, que é da responsabilidade da Presidência do Conselho de Ministros. O tweet, entretanto apagado, foi este:

Em causa estava um estudo da City University London e University College London. De acordo com o artigo, as crianças aos 9 meses de idade já preferem brinquedos específicos, consoante o seu género. Deste modo, as componentes biológicas influenciam o desenvolvimento da personalidade. O artigo foi sugerido, via Twitter, à jornalista Fernanda Câncio, que não ficou convencida com as conclusões, chegando a duvidar da credibilidade do estudo e escreveu, a esse propósito, o seguinte post: “eheh, genial. as diferenças biologicas fazem bebes menina preferir brincar com panelinhas. q estudo sério [sic]”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O estudo foi sugerido pelo utilizador Marco Vaqueiro, que recordou a polémica sobre os brinquedos distribuídos pelo McDonalds, que surgiu há alguns meses.

A publicação gerou várias reações e uma discussão com a jornalista, que respondeu às críticas, afirmando que leu o artigo na íntegra e que continuava com a “mesmíssima opinião”.

No entanto, foi a questão do utilizador Gonçalo MC Sousa que recebeu aquela resposta invulgar através da conta oficial do Governo. A conta do Twitter “República Portuguesa” foi mencionada por vários utilizadores que se aperceberam do erro cometido.

O polémico tweet foi partilhado por diversas pessoas que o encararam como uma “falha grande”. No entanto, houve quem brincasse com a situação dizendo que “a República Portuguesa parece ser fã do Capitão América”. Na conta oficial do Governo não se registou — pelo menos até às 20h30 de segunda-feira, qualquer declaração sobre este incidente.

Texto editado por Vítor Matos.