Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro tornaram a nadadora Fu Yuanhui numa espécie de vedeta. Depois de ter feito notícia por ter ganho uma medalha sem o saber (e de só ter descoberto depois de uma jornalista lhe dizer), a chinesa voltou a dar que falar ao quebrar um dos tabus do desporto — a menstruação.

Numa entrevista ao canal de televisão chinês CCTV, depois de uma prova, Fu Yuanhui mostrou-se desapontada com a sua prestação. “Acho que a minha performance não foi muito boa. Sinto que desapontei os meus colegas”, admitiu.

Questionada sobre o porquê de a prova não ter corrido muito bem, a nadadora de 20 anos explicou que se sentia “particularmente cansada”. “É porque o meu período apareceu ontem”, disse. “Não é uma desculpa, não nadei bem o suficiente.”

A declaração de Fu Yuanhui não passou despercebida aos seus fãs chineses, que usaram as redes sociais para a elogiar por ter quebrado o silêncio em relação à menstruação. De acordo com o jornal The Guardian, muitos admitiram inclusive não fazerem ideia de que era possível uma mulher nadar durante o período.

“Admiro a Fu Yauanhui por nadar com o período”, escreveu um fã. “As mulheres podem sofrer durante o período, principalmente se tiverem dores. Ela sentiu-se culpada por ter ficado em quarto lugar, mas continuamos a estar muito orgulhosos dela.” Um outro escreveu que “é um fenómeno fisiológico normal, porque é que não podemos mencioná-lo? Fu Yuanhui é a maior!”