440kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Cabify chega ao Porto e oferece viagens grátis

Este artigo tem mais de 5 anos

A Cabify já está no Porto. Esta quarta e quinta-feira as viagens são grátis e nos dias seguintes a empresa oferece um desconto de 50%.

A Cabify já está na Madeira e em Lisboa desde Julho
i

A Cabify já está na Madeira e em Lisboa desde Julho

Cabify

A Cabify já está na Madeira e em Lisboa desde Julho

Cabify

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A Cabify, concorrente da Uber, chega ao Porto esta quarta-feira, quatro meses depois de Lisboa. Esta quarta e na quinta-feira, as viagens são grátis. Nos dias seguintes, os clientes terão um desconto de 50%.

Nuno Santos, country manager da Cabify, afirmou, em comunicado, que a empresa está muito satisfeita por “continuar a expandir a nossa atividade no território nacional português”. Nuno Santos acrescentou que a adesão dos clientes lisboetas superou as expectativas e esperam que “a Cabify tenha no Porto a mesma aceitação”.

Os clientes da Cabify poderão efetuar reservas até 30 dias de antecedência. Esta empresa difere também por estabelecer uma tarifa fixa por preço por quilómetro sem contabilizar o tempo da viagem (1,12€/km com um mínimo de 3,5€ por viagem). Nuno Santos sublinha ainda que a empresa “está sediada em Portugal, onde paga os seus impostos” e deverá aumentar a equipa agora que se estreia no Porto – informa o dinheiro vivo.

A empresa já tinha anunciado na sua página de Facebook que haveria em breve novidades no Porto.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.