O Governo “desconhece totalmente” a proposta para mudar a designação da autoestrada do Oeste, conhecida como A8, para ASurf. A notícia foi avançada este domingo, mas, segundo conseguiu apurar o Observador junto de fonte governamental, o Executivo socialista não tem sequer conhecimento da iniciativa.

De acordo com o jornal Eco, o anúncio deveria ser feito na segunda-feira, durante a apresentação de nova etapa do circuito mundial de surf, que começa terça-feira, em Peniche. Partiria de uma iniciativa conjunta do Ministério da Economia e do Turismo de Portugal e das empresas Brisa, Lena e MSF, que têm, neste momento, a concessão da atual A8.

A autoestrada liga Loures a Leiria e passa pelos três principais spots de surf: Ericeira, a Nazaré e Peniche. O objetivo desta nova designação seria promover um desporto em crescendo em Portugal e colheu de imediato o apoio de várias personalidades. Em declarações ao Jornal de Notícias, António José Correia, presidente da Câmara Municipal de Peniche, deixou claro que este era “o reconhecimento do trabalho que temos vindo a desenvolver, e a prova de que há um antes de 2009 e um depois de 2009, que foi quando Peniche começou a fazer parte do circuito mundial de surf”.

No Diário de Notícias, Francisco Simões Rodrigues, presidente da Associal Nacional de Surfistas, admitiu que a ideia era “interessante”. “Fico expectante de perceber como é que isso vai acontecer e como é que vai reverter a favor do surf, o que é que daí virá a favor dos surfistas”, afirmou.

Ainda segundo o jornal Eco, seria o próprio ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, a apresentar a iniciativa já esta segunda-feira. No entanto, e segundo fonte oficial do Governo, o Executivo socialista desconhece esta iniciativa.