818kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Golo de Ricardo Quaresma eleito o melhor da segunda jornada da Liga dos Campeões

Este artigo tem mais de 5 anos

O golo do extremo português do Besiktas Ricardo Quaresma, marcado ao Dínamo Kiev, na segunda jornada do grupo B da Liga dos Campeões de futebol, foi eleito o golo da semana.

i

MARIO CRUZ/EPA

MARIO CRUZ/EPA

O golo do extremo português do Besiktas Ricardo Quaresma, marcado ao Dínamo Kiev, na segunda jornada do grupo B da Liga dos Campeões de futebol, foi eleito o golo da semana, com 36 por cento dos votos, anunciou esta segunda-feira a UEFA.

O Besiktas integra o grupo do Benfica na ‘Champions’ e, na jornada inaugural, foi ao estádio da Luz empatar 1-1.

O pontapé livre do internacional português, que fez o empate (1-1) no duelo com o campeão ucraniano, superou por uma curta margem o segundo, apontado por Thomas Delaney, do FC Copenhaga, na vitória por 4-0 do clube dinamarquês sobre o Clube Brugge, no grupo G, recebendo 25 por cento dos votos online.

O FC Porto integra este grupo e também cedeu um empate 1-1 em casa na receção ao FC Copenhaga, igualmente na jornada inaugural da prova.

No terceiro lugar, com 17 por cento das preferências, ficou o golo do argentino Paul Dybala, na vitória por 4-0 da Juventus na visita ao Dínamo Zagreb, na Croácia.

Com esta votação, Quaresma junta o golo da semana à eleição de jogador da jornada, com que também foi eleito pelos utilizadores no site da UEFA nas escolhas relativas à segunda ronda da mais importante competição de clubes da Europa.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

 
Assine o Observador a partir de 0,18€/ dia

Não é só para chegar ao fim deste artigo:

  • Leitura sem limites, em qualquer dispositivo
  • Menos publicidade
  • Desconto na Academia Observador
  • Desconto na revista best-of
  • Newsletter exclusiva
  • Conversas com jornalistas exclusivas
  • Oferta de artigos
  • Participação nos comentários

Apoie agora o jornalismo independente

Ver planos

Oferta limitada

Apoio ao cliente | Já é assinante? Faça logout e inicie sessão na conta com a qual tem uma assinatura

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Vivemos tempos interessantes e importantes

Se 1% dos nossos leitores assinasse o Observador, conseguiríamos aumentar ainda mais o nosso investimento no escrutínio dos poderes públicos e na capacidade de explicarmos todas as crises – as nacionais e as internacionais. Hoje como nunca é essencial apoiar o jornalismo independente para estar bem informado. Torne-se assinante a partir de 0,18€/ dia.

Ver planos