O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, encontrou-se com o histórico líder cubano Fidel Castro, já afastado do poder. O encontro foi feito à porta fechada, sem jornalistas, mas de acordo com o jornal oficial do Partido Comunista Cubano, Granma, os dois responsáveis falaram de política internacional.

Não havia jornalistas, mas como é costume o jornal oficial dos comunistas cubanos publicou uma imagem do encontro. Marcelo Rebelo de Sousa e Fidel Castro conversaram, no âmbito da visita oficial do Presidente da República a Cuba sobre temas como as relações entre os dois países e sobre a votação nas Nações Unidas contra o embargo económico, comercial e financeiro dos Estados Unidos a Cuba.

Marcelo Rebelo de Sousa terá destacado que Portugal está contra o embargo, e Fidel Castro terá agradecido o apoio de Portugal e caracterizou este bloqueio como brutal e desumano, numa conversa sobre a aprovação na quarta-feira de uma resolução reclamando o levantamento do embargo económico dos Estados Unidos a Cuba.

Fidel Castro destacou ainda a “firmeza do povo” cubano, disposto a “não esquecer os elevados danos humanos e económicos provocados pelo bloqueio”, garantindo que “o povo de Cuba jamais aceitará”, acrescenta o órgão oficial do Partido Comunista Cubano.