Um sismo de magnitude 7,9 na escala de Richter abalou este sábado a zona de Nova Irlanda, no arquipélago Bismarck, na Papua-Nova Guiné. De acordo com o Instituto Geológico dos Estados Unidos da América, o abalo terá sido sentido pelas 10h51, hora de Lisboa, a 46 quilómetros do Monte Taron, a uma profundidade de 103,2 quilómetros.

Inicialmente apontado como um sismo de magnitude 8, o número foi depois revisto para 7,9.

Captura de ecrã 2016-12-17, às 11.35.21

Fonte: Instituto Geológico dos Estados Unidos da América (USGS)

O Centro de Tsunamis do Pacífico (PTWC) emitiu um alerta para a zona de Nova Irlanda e para as Ilhas Salomão — que há pouco mais de uma semana foram afetadas por um sismo de 7,8 na escala de Richter (que também levou a que fosse lançado um alerta de tsunami) –, Indonésia e Nauru.

O aviso foi entretanto retirado sem relatos de vítimas ou danos materiais. “Com base na informação disponível, a ameaça de tsunami para este sismo já passou”, informou o PTWC na última atualização. De acordo com o organismo, eram esperadas ondas de um a três metros de altura, tendo sido recomendado às populações que cumprissem as instruções das autoridades.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A Proteção Civil da Nova Zelândia também lançou um alerta de tsunami, que foi entretanto cancelado depois de a situação ter sido analisada por um painel de especialistas.

A Papua-Nova Guiné, um país composto por um conjunto de ilhas e arquipélagos a nordeste da Austrália, assim como as Ilhas Salomão, fica localizadas no chamado Anel de Fogo do Pacífico, uma das zonas de maior atividade sísmica e vulcânica do planeta.