Embora com apresentação oficial agendada apenas para o Salão de Genebra, que terá lugar em Março, a terceira geração do Kia Picanto acaba de ser oficialmente desvendada pelo construtor sul-coreano. Que assim deu a conhecer um utilitário com maior distância entre eixos e a prometer melhor habitabilidade, melhores soluções tecnológicas e de personalização, além de um visual mais desportivo.

Desenhado nos centros de estilo da Kia em Namyang, na Coreia do Sul, e em Frankfurt, na Alemanha, o futuro Kia Picanto regista desde logo um aumento de 15 mm na distância entre eixos, a qual passa a ser de 2,40 m. Isto, para um comprimento total que não regista alterações, mantendo-se nos 3,60 m.

Graças a este ganho, assim como à colocação das rodas mais no extremo da carroçaria, a terceira geração do popular citadino sul-coreano passa a oferecer um interior mais espaçoso, a par de uma bagageira com a maior capacidade do segmento. Qualidades a que se juntam ainda um habitáculo em muitos aspectos decalcado do novo Rio e do qual faz parte, entre outros argumentos, um sistema multimédia com ecrã táctil flutuante (cujas dimensões a Kia ainda não divulgou), ao centro do tablier.

No exterior, o Picanto promete uma ampla escolha de cores (11, no total), além de fortes possibilidades de personalização, a somar a uma estética assumidamente mais desportiva.

Debaixo do capot, e embora o fabricante ainda nada tenha avançado de forma oficial, as previsões são de que se mantenha a mesma oferta, da qual não deixará de fazer parte o três cilindros de 1,0 litros.