265kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui.

Por onde vai passar o cortejo fúnebre de Mário Soares

Este artigo tem mais de 4 anos

O velório do ex-Presidente da República realiza-se no Mosteiro dos Jerónimos, em Belém, Lisboa. O corpo de Mário Soares será sepultado no Cemitério dos Prazeres.

i

ETIENNE LAURENT / POOL/EPA

ETIENNE LAURENT / POOL/EPA

O velório de Mário Soares, que morreu este sábado, realiza-se no Mosteiro dos Jerónimos, em Belém, Lisboa. Haverá um cortejo fúnebre nas ruas da capital a começar na casa onde Mário Soares vivia, no Campo Grande, e a acabar nos Jerónimos. O corpo vai estar em câmara ardente um dia até ao funeral, que se realizará no terceiro dia. Depois disto, haverá novo cortejo fúnebre da urna que vai transportar o corpo do ex-Presidente da República até ao Cemitério dos Prazeres.

Durante o dia de amanhã, domingo, o corpo de Mário Soares será preparado pelos serviços da funerária nas instalações da Servilusa, na Amadora.

Na segunda-feira, o corpo do ex-Presidente da República será transportado até à casa onde viveu, no Campo Grande. Espera-se que chegue às 9 horas da manhã, para um primeiro momento com os familiares e amigos próximos. Às 11 horas, começa o cortejo fúnebre até ao Mosteiro dos Jerónimos. Haverá uma paragem para honras na Câmara Municipal de Lisboa, onde estarão o Presidente da Câmara, Fernando Medina e a equipa de vereadores.

O cortejo partirá da casa onde viveu Mário Soares, no Campo Grande, passará pelo Saldanha, Avenida Fontes Pereira de Melo, Marquês de Pombal, Avenida da Liberdade, Rossio, Rua Áurea e, finalmente, Câmara Municipal de Lisboa. Aí, o corpo de de Soares será transferido para uma charrete cerimonial, designada de “armão”. O cortejo seguirá com escolta a cavalo da Guarda Nacional Republicana, pelo Cais do Sodré e depois pela Avenida 24 de Julho até ao Mosteiro dos Jerónimos, em Belém, onde será recebido com honras militares.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O corpo de Mário Soares chegará às 13 horas, aos Jerónimos. Ficará na Sala dos Azulejos, antigo Refeitório dos Frades, sala onde o socialista assinou a adesão de Portugal à CEE. O velório decorre até às 00h00 de segunda-feira. A Câmara Ardente estará aberta também no dia seguinte entre as 8 e as 11 horas.

A Sessão Solene Evocativa de Homenagem ao Presidente Mário Soares realizar-se-á a partir das 13 horas, no claustro do Mosteiro dos Jerónimos. Espera-se a presença de altas individualidades portuguesas e estrangeiras e as intervenções de João Soares e Isabel Soares. Haverá uma intervenção de António Costa, através de videoconferência ou de um vídeo previamente gravado, de Eduardo Ferro Rodrigues, enquanto presidente da Assembleia da República, e de Marcelo Rebelo de Sousa, como Presidente da República.

Às 14 horas, começa o percurso de despedida de Mário Soares. Dos Jerónimos, o cortejo fúnebre fará uma breve paragem pelo Palácio de Belém, seguirá pela Avenida da Índia, Avenida 24 de Julho, Avenida D. Carlos I até chegar à Assembleia da República. Daí, segue para o Fundação Mário Soares, passará pela Rua de São Bento até ao Largo do Rato, na sede do Partido Socialista.

O cortejo segue depois para Cemitério dos Prazeres, passando pela Avenida Álvares Cabral, Rua Domingues Sequeira e Rua Saraiva de Carvalho. O funeral, precedido de honras fúnebres, terá lugar a partir das 15h30 horas no Cemitério dos Prazeres. Aí, uma parte da cerimónia será aberta a todos que desejem prestar a última homenagem ao antigo primeiro-ministro e outra parte será reservada apenas a familiares e amigos mais próximos do socialista.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.