Já não há ninguém nestas cidades. Em algumas, a guerra deu-lhes um novo rumo que logo foi abandonado quando uma das partes içou a bandeira branca. Outras foram deixadas para trás quando as suas maiores riquezas, fossem diamantes ou carvão, desapareceram. Certas cidades, como Pompeia, foram vítimas de fenómenos naturais, como erupções vulcânicas as areias do deserto. Outras, nunca tiveram realmente vida: foram erguidas na sequência de grandes investimentos económicos que afinal não tiveram retorno.

Na fotogaleria em cima vai encontrar 25 imagens de cidades-fantasma pelo mundo inteiro, desde o Brasil até às frias costas norueguesas. Dos Estados Unidos à China, de Espanha a Taiwan, vagueie por cidades onde já não há vida humana.