O Sporting divulgou durante a manhã deste sábado, através do seu site oficial, um comunicado onde lamenta a morte de um adepto sportinguista, pertencente uma das maiores claques da Fiorentina, junto ao Estádio do Benfica. O incidente aconteceu durante a madrugada, junto a uma das rotundas da Luz, no seguimento de um confronto entre claques do Sporting e Benfica.

Na nota publicada no site, o clube de Alvalade manifestou “o mais profundo lamento e repúdio pelos trágicos acontecimento”, admitindo estar a aguardar “com expectativa as diligências em curso que estão a ser desenvolvidas pelas autoridades”. Leia o comunicado na íntegra:

“O Sporting Clube de Portugal manifesta o mais profundo lamento e repúdio pelos trágicos acontecimentos da última madrugada e que resultaram na morte de um Adepto do nosso Clube.

O Sporting CP aguarda com expectativa as diligências em curso que estão a ser desenvolvidas pelas autoridades no sentido de apuramento de responsabilidades pelo que aconteceu.

À família, o Sporting CP manifesta as suas mais sentidas condolências.”

Benfica reage e “reitera o seu forte apelo” à moderação

O Benfica também já reagiu ao atropelamento de um adepto do Sporting esta madrugada junto ao Estádio da Luz. Numa nota publicada no site oficial do clube, pode ler-se:

“O Sport Lisboa e Benfica lamenta de forma veemente e manifesta o seu mais profundo pesar pelo falecimento ocorrido esta madrugada em incidentes junto do Estádio da Luz e como uma das entidades com meios audiovisuais de segurança naquela área, informa que desde a primeira hora tem estado em estreita colaboração com as forças de segurança, no sentido de fornecer os necessários elementos para se apurar as circunstâncias em que este triste e lamentável acontecimento ocorreu.

O Sport Lisboa e Benfica reitera o seu forte apelo ao necessário respeito e moderação entre todos os adeptos do futebol, pedindo que esta noite todos saibamos dar uma resposta que preserve os valores da sã convivência e rivalidade em nome de duas instituições que tanto têm honrado o pais e o futebol português.”