Autárquicas 2017

“Despacito” inspira candidatura de “José Carlos, José Carlos” a Vila Pouca de Aguiar

Não, a música de verão não é "Despacito": é a adaptação que José Carlos Rendeiro fez para a sua candidatura à Câmara de Vila Pouca de Aguiar. Pode ouvir aqui e até acompanhar com a letra.

O cantor Luís Fonsi que esteja atento aos tops nacionais porque já surgiu um concorrente à altura. A página “Tesourinhos das Autárquicas 2017” publicou no Facebook o hino oficial da candidatura de José Carlos Rendeiro à Câmara de Vila Pouca de Aguiar com o apoio da PS. E a música foi inspirada na canção “Despacito”, que promete tocar em qualquer festa de verão — exceto nas festas dos Santos Populares em Alfama porque a Junta de Freguesia de Santa Maria Maior proibiu a reprodução de canções que não sejam portuguesas. Para esse caso, a canção de “Jo-sé-Carlos” pode ser a ideal: tem o salero da música original, que já conquistou 1.800 milhões de visualizações no YouTube, mas uma letra bem portuguesa. E até tem um “solo” do político lá pelo meio.

Na página de Facebook, este tesourinho já conquistou 2900 “gostos” e foi partilhado quase 1400 vezes em pouco mais de 24 horas. O vídeo, que constitui uma das publicações mais apreciadas das páginas de pérolas das autárquicas portuguesas, está a ser alvo de comentários igualmente espirituosos: Frederico Passos diz que José Carlos Rendeiro já ganhou, “a não ser que o candidato da oposição apresente uma coligação ao som de Amar Pelos Dois”. Avelino Ferreira até foi mais longe e escreveu que “foi para isto que se fez o 25 de abril”.

Outros seguidores da página não se conseguem rir, no entanto: António Maria diz que “isto envergonha qualquer aguiarense” e Jorge Manuel Pires argumenta que “se durante quatro anos não apresentou uma única ideia para o concelho enquanto vereador da oposição, como é que [José Carlos Rendeiro] podia apresentar uma boa campanha?”.

De um lado ou de outro da barricada, certo é que a campanha do candidato de PS à Câmara de Vila Pouca de Aguiar está a dar que falar. E também dá que cantar: aqui em baixo pode encontrar a letra adaptada do hino da campanha de José Carlos Rendeiro e acompanhar a canção. Pode ver mais tesourinhos das autárquicas entrando neste link.

JOSÉ CARLOS

Sim, o José Carlos é o nosso candidato

Agora temos que o apoiar

Vem, junta-te a nós vem dar-lhe um forte abraço

Junta-te, a vitória vais partilhar

Sim, ele é bom amigo e vai trabalhar

Para toda a gente, todos por igual

Dele precisamos para melhorar

Oh, yeah

O José Carlos vai estar presente

É um homem justo, honesto e leal,

Temos que o ter para Presidente

Refrão:

E vai ser,

Pelos nossos filhos ele vai ganhar,

Vai tudo fazer para melhorar,

Vai olhar para todos de uma forma justa,

Sim, pois vai,

Vamos ajudá-lo nesta caminhada,

Vamos apoiá-lo, vamo-nos juntar,

Vamos ter motivos para festejar,

Vamos, vamos, vamos!

Queremos uma mudança clara, queremos o melhor,

Queremos o José Carlos, só ele faz a diferença!

(Juntos com ele lutar)

José Carlos vai ganhar, vai ser Presidente,

Vai trabalhar para todos,

Por um progresso evidente!

José Carlos Rendeiro

Meus caros, vou lutando com toda a minha força e o meu humilde saber. Faço-o acompanhado de uma equipa cuja coesão, competência e seriedade é incontestável. Daqui para a frente, quero fazê-lo acompanhado por todos vós. Juntos mudaremos o concelho para melhor. Melhor para todos.

José Carlos, José Carlos,

Contigo já estamos,

Nós te apoiamos,

Vencer, venceremos,

Contigo a trabalhar,

O concelho vai ganhar,

Vais criar emprego e os nossos filhos ajudar,

José Carlos, José Carlos,

Contigo já estamos,

Nós te apoiamos,

Vencer, venceremos,

O concelho precisa de ti à frente,

Amas a tua terra,

Tudo farás pela tua gente,

Refrão:

Vai vencer,

Pelos nossos filhos ele vai ganhar,

Vai tudo fazer para melhorar,

Vai olhar para todos de uma forma justa,

Sim, pois vai,

Vamos ajudá-lo nesta caminhada,

Vamos apoiá-lo, vamo-nos juntar,

Vamos ter motivos para festejar,

Vamos, vamos, vamos!

Queremos uma mudança clara, queremos o melhor,

Queremos o José Carlos, só ele faz a diferença!

(Juntos com ele lutar)

José Carlos vai ganhar, vai ser Presidente,

Vai trabalhar para todos,

Por um progresso evidente!

Refrão:

Vai vencer,

Pelos nossos filhos ele vai ganhar,

Vai tudo fazer para melhorar,

Vai olhar para todos de uma forma justa,

(Vamos, vamos)

José Carlos, José Carlos,

Contigo já estamos,

Nós te apoiamos,

Vencer, venceremos,

Contigo a trabalhar,

O concelho vai ganhar,

Vais criar emprego e os nossos filhos ajudar,

(Vamos, vamos)

José Carlos, José Carlos,

Contigo já estamos,

Nós te apoiamos,

Vencer, venceremos,

O concelho precisa de ti à frente,

Amas a tua terra,

Tudo farás pela tua gente,

José Carlos, José Carlos,

Contigo já estamos,

Nós te apoiamos,

Vencer, venceremos,

Temos o José Carlos,

Só ele faz a diferença

(Juntos com ele lutar)

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mlferreira@observador.pt
PSD

São brancos, que se entendam /premium

Paulo Tunhas

Ninguém percebe qual é a partitura do PSD e qual a sinfonia que Rio ou Montenegro vão tocar, algo imprescindível para uma pessoa decidir se vai ou não ao concerto. Pode ser tudo e mais alguma coisa.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)