457kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Tubarão causou pânico numa praia em Maiorca

Este artigo tem mais de 5 anos

Uma das praias mais populares da ilha Maiorca, em Espanha, foi evacuada no passado domingo, depois de um tubarão azul, que nadava em águas não profundas, ter provocado o pânico.

Os tubarões são frequentemente capturados para serem a base da famosa sopa de barbatana de tubarão
i

Os tubarões são frequentemente capturados para serem a base da famosa sopa de barbatana de tubarão

Os tubarões são frequentemente capturados para serem a base da famosa sopa de barbatana de tubarão

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O tubarão azul foi capturado numa das praias da ilha Maiorca, em Espanha, no passado domingo. O animal causou o pânico aos banhistas, e a praia de Illetas teve de ser evacuada. Foi visto pela primeira vez no passado sábado, quando nadou perto da costa nas praias de Cala Major e Can Pastilla, próximas de Palma, a capital da ilha. Fotografias mostravam o tubarão a nadar a poucos metros dos banhistas.

O nadador-salvador rapidamente hasteou a bandeira vermelha e ordenou que todos os banhistas saíssem da água.

A Guarda e a Proteção Civil controlaram a área durante várias horas, para se certificarem que o tubarão não reaparecia.

O animal foi localizado e capturado na praia de Illetas, perto de Magaluf, durante a tarde de domingo. Um jornal local, o Diário de Maiorca, reportou que o tubarão foi encontrado com uma ferida de grande gravidade, aparentemente causada pelo arpão utilizado.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Não se sabe se o animal foi ferido antes ou depois de ser visto na praia. Os especialistas do aquário de Palma dizem que o tubarão estava a morrer e eles estavam a considerar se era, ou não, uma boa ideia acelerar esse processo.

Um porta-voz do conselho de Calvia, confirma que o tubarão azul se aproximou da costa entre as 12h00 e as 13h00 e pensa-se que foi o mesmo que acabou por ser capturado, no domingo.

Ele foi mantido sob controle e a praia está a ser bem vigiada hoje”, acrescentou.

Uma testemunha publicou na sua conta de Facebook: “Todos para fora da água, gritou o nadador-salvador. Ele meteu a bandeira vermelha na praia de Cala Major e estavam lá três tubarões – o mais pequeno deles todos tinha um metro e meio“.

É uma pena que eles tenham de chegar tão perto dos seres humanos, nós estamos a destruir o nosso ecossistema e eles têm de sobreviver”, acrescentou.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=488642528148623&set=a.109919092687637.1073741829.100010086394561&type=3&theater

Os tubarões azuis, podem medir até 3,80 metros, normalmente alimentam-se de peixes e lulas. De acordo com a Organização das Nações Unidas para Comida e para a Agriculta, as pessoas caçam tubarões para estes servirem de comida, por exemplo para a sopa de barbatana de tubarão. Já a sua pele é normalmente utilizada para fazer lixa e ferramentas.

Loja Observador Lifestyle

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.