Genética

Cientistas chineses criam primeiro cão clonado com manipulação genética

Já foi criado o primeiro cão clonado com células não reprodutivas e engenharia genética. Os autores foram cientistas na China que conseguiram clonar um beagle através da modificação genética.

O investigador acredita que a técnica possa ser usada para tratar doenças dos animais

WU HONG/EPA

Cientistas na China criaram o primeiro cão clonado com células não reprodutivas e engenharia genética, segundo a imprensa estatal chinesa.

“É bom poder combinar a clonagem com a engenharia genética e a China está na vanguarda”, disse ao Diário do Povo um dos investigadores, Lai Liangxue.

No Instituto de Biomedicina de Cantão, a equipa conseguiu clonar um cachorro de raça beagle com a mais moderna tecnologia de modificação genética, capaz de selecionar genes específicos.

Com esta tecnologia podemos criar um animal com mais músculos, melhor olfato e mais capacidade para correr, o que é bom para um cão de caça ou da polícia”, declarou Lai.

O investigador admite que a técnica possa ser usada para tratar doenças dos animais.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)