Procure por “Area 51” no Google Maps e eis o que aparece: nada, exceto a localização de uma discoteca que se orgulha de ter uma “happy hour” de bebidas numa zona bem organizada de Salt Lake City, nos Estados Unidos. Nem a Google, ela própria dona de um lugar secreto que guarda todas as nossas pesquisas segundo a segundo, pode espreitar a região da Base Aérea de Andrews, a mais importante dos Estados Unidos, onde podem estar guardadas algumas das operações mais interessantes do país.

Na fotogaleria vai encontrar algumas fotografias — as permitidas — de quinze lugares onde o cidadão comum não pode entrar. Não pode porque são reservados a elites pouco conhecidas, porque são inseguras ou porque guardam segredos dos governos mais poderosos do mundo. E nem sempre são tão remotos assim: um deles até está bem identificado dentro do parque temático da Disney.