O ciclista norueguês Edvald Boasson Hagen (Dimension Data) venceu, esta sexta-feira, a 19.ª etapa da 104.ª Volta a França, ao impor-se a um grupo de fugitivos em Salon-de-Provence, enquanto Chris Froome (Sky) conservou a camisola amarela.

Boasson Hagen cortou a meta ao fim de 5:06.09 horas, cinco segundos menos do que o alemão Niklas Arndt (Sunweb), segundo, e 17 do que o belga Jens Keukeleire (Orica-Scott), terceiro, depois de uma fuga de nove elementos que se destacou nos últimos 13 quilómetros, de onde o norueguês atacou para a sua primeira vitória no ‘Tour’ desde 2011.

No sábado, os ciclistas enfrentam o contrarrelógio individual de Marselha, com 22,5 quilómetros de extensão, que se configura como a última oportunidade de fazer a diferença nos primeiros lugares da geral individual.