A Volvo informa, em comunicado, que as 2.884 unidades matriculadas de Janeiro a Julho deste ano representam um crescimento de 7% das vendas quando comparadas com o período homólogo do ano anterior.

Neste período, não se verifica um crescimento generalizado ao nível das vendas das marcas premium, sendo a taxa de crescimento apresentada pela Volvo a maior de entre as marcas tradicionalmente posicionadas neste segmento”, refere a marca sueca.

O crescimento da marca no nosso país é também superior ao crescimento médio da Volvo na Região EMEA (Europa, Médio Oriente e África), fruto não só do peso que a gama V40 continua a ter na venda de novos veículos, mas também da dinâmica comercial que “os novos modelos da gama 90 começam a representar”.

Mundialmente, as vendas registadas pelo Volvo Car Group totalizam 321.919 veículos, nos primeiros sete meses do ano, o que se traduz num crescimento de 8% face ao mesmo período de 2016. Na primeira metade do ano, o campeão de vendas foi o XC60 (87.530 unidades), logo seguido pela V40/V40 Cross Country (55.879) e pelo SUV topo de gama XC90 (51.814).