Os números falam por si. No mês de Agosto, venderam-se mais 11,5% de automóveis, 12,7% de veículos de mercadorias ligeiros, 89,6% de pesados de mercadorias e 7,1% de autocarros. No total, o mercado cresceu 13,1%, ao mudarem de mão 14.852 veículos, valor bem acima dos 13,137 vendidos em Agosto de 2016. Isto confirma a aceleração no oitavo mês do ano, notoriamente acima do incremento de 8,7% verificado nos primeiros oito meses do ano.

Em termos de vendas de automóveis, cujas transacções representam mais de 80% do volume das vendas totais de veículos, a Renault foi mais uma vez a líder do mercado, ao comercializar 1.152 unidades, mais 8,9% do que em 2016. A Mercedes foi segunda, ao vender 1.111 veículos, mais 5,5% do que em 2016, seguida da Peugeot (1.052 e mais 0,2%), BMW (903 e mais 15%) e Volkswagen (830 e menos 3,7%).

As cinco marcas a fechar o top 10 de Agosto são a Opel, Citroën, Dacia, Nissan e Toyota, com as maiores subidas a pertencerem à Dacia (41,8%), Toyota (32,5%) e Citroën (27,2%).

Entre a 10ª e a 15ª posições na tabela dos construtores que mais venderam surge a Audi, Ford, Seat, Fiat e Kia, com a Ford a ser a única que vê as suas vendas baixarem, sendo de destacar os incrementos da Audi (26,9%), Fiat (20,9%) e Kia (19,9%).

No acumulado dos primeiros oito meses do ano, a Renault mantém o primeiro lugar, crescendo 22,9% face ao mesmo período de 2016 e atingindo uma penetração de 13,93%, seguida da Peugeot com 9,46% do mercado, Volkswagen (7,41%), Mercedes (7,32%) e BMW (6,51%).

Veja na tabela que marcas mais venderam em Agosto e como está arrumado o ranking nacional após os primeiro oito meses do ano.