O grupo ítalo-americano Fiat Chrysler Automobilers (FCA) registou a patente do nome Giulietta, para o mercado americano. Segundo avança a americana Car and Driver, o pedido terá dado entrado na passada semana, embora sem precisar o tipo de veículo em questão. Ou seja, se será uma variante para o mercado americano do modelo europeu, ou se uma proposta totalmente nova.

O nome poderá também vir a ser utilizado num novo concept, com comercialização em vários mercados do globo, ou até mesmo numa futura variante coupé do sedan Giulia. Com a FCA a adoptar aí uma estratégia semelhante à já seguida, por exemplo, pela BMW, que optou por separar as carroçarias de três e cinco portas da Série 3, procurando dar-lhes assim identidades diferentes, apesar de ambas partirem do mesmo modelo.

Entretanto, um porta-voz da FCA garantiu já à Car and Driver que a Alfa Romeo não tem, oficialmente, qualquer plano para comercializar o Giulietta, ou até mesmo o ainda mais pequeno Mi.To, no mercado americano. Posição que, contudo, a publicação acredita poder vir mudar, não apenas porque o actual modelo de entrada nos EUA, o Giulia, apresenta um preço inicial que permite pensar na possibilidade de uma proposta mais barata, mas também porque a disponibilização desse modelo, permitirá à marca italiana disputar mercado com propostas como o Audi A3, o BMW Série 2 e o Mercedes-Benz CLA.

Ainda assim, a Car and Driver também não descarta a possibilidade de a Alfa Romeo poder vir a desenvolver um sedan com base no Giulietta, uma vez que este é um tipo de carroçaria mais do agrado do público norte-americano do que o hatchback.