O aeroporto do Bali vai ficar encerrado pelo segundo dia consecutivo devido ao vulcão Agung, em erupção na ilha, anunciaram terça-feira as autoridades da Indonésia. O aeroporto já tinha sido encerrado na segunda-feira, depois de as cinzas do Agung terem chegado ao espaço aéreo, com as autoridades a admitirem a sua reabertura após avaliação da situação, o que acabou por não acontecer.

O porta-voz da agência de gestão de desastres da Indonésia, Sutopo Purwo Nugroho, afirmou que o encerramento vai ter efeito até às 7h00 (hora local) de quarta-feira. Mais de 700 voos foram cancelados e cerca de 60 mil passageiros foram afetados na segunda-feira, o primeiro dia em que o aeroporto esteve encerrado.

O responsável disse ainda que o aeroporto na ilha vizinha de Lombok já reabriu, depois de ter estado encerrado na segunda-feira. Bali é o principal destino turístico da Indonésia, com uma afluência mensal de cerca de 200 mil turistas estrangeiros, segundo dados oficiais.

O arquipélago da Indonésia situa-se no chamado “Anel de Fogo” do Pacífico, uma zona de grande atividade sísmica e vulcânica que regista milhares de sismos por ano, a maioria dos quais moderados.